12abr

Compartilhar:

[elfsight_social_share_buttons id="1"]

4 modelos de closet para você se inspirar

Ter um espaço para guardar as roupas e objetos pessoais é o sonho de muita gente, o closet guarda-roupa pode ser planejado de muitas maneiras, e ao contrário do que muitos pensam não é preciso ter um quarto enorme para ter esse modelo de guarda-roupa, pois de forma organizada e com um bom planejamento é possível fazer um closet pequeno. Com a vasta quantidade de modelos existentes, é possível montar mesmo em casas com um espaço pequeno. 

Closet modulado 

O guarda-roupa closet modulado é um móvel fabricado em módulos que se encaixam criando um layout funcional no ambiente, pode ser planejado e montado conforme a sua necessidade e possibilita um espaço dinâmico e funcional é recomendado especialmente para quem precisa economizar no projeto. 

Closet planejado 

Para um projeto personalizado, a dica é investir em um closet planejado, você pode escolher não só o acabamento, as cores e o material, como também os nichos, gavetas, cabideiros e prateleiras com as dimensões que preferir, dessa forma o espaço do ambiente vai ter mais funcionalidade e será mais aproveitado. 

Closet de canto 

O guarda-roupa closet de canto pode ser um projeto planejado ou modulado, pois o intuito é aproveitar a quina do ambiente e deixar um espaço de no centro do ambiente. Esse modelo pode ser feito em locais amplos e pequenos, entretanto esse closet é recomendado para quem está em busca de um guarda-roupa pequeno, devido à otimização de espaço que ele possibilita. 

Closet aberto 

Esse modelo traz praticidade no dia a dia porque você encontra suas roupas sempre expostas, porém, é necessário manter esse espaço organizado, principalmente se o closet for pequeno, afinal todos os seus pertences ficarão expostos e se o espaço não for bem organizado, a decoração do ambiente vai passar uma sensação desagradável. 

Antes de montar um guarda-roupa do tipo closet, a primeira coisa que deve ser analisada é a quantidade de roupas, sapatos, bolsas e acessórios que você possui, dessa forma fica mais fácil planejar se é necessário ter mais gavetas, mais nichos ou cabideiros. Além disso, é importante pensar na ventilação e iluminação do local para evitar problemas como mofo e uma luz que altere a percepção das cores.  

TAGS:

,
Karin Moraes

SOBRE O AUTOR

Karin Moraes
A frente do escritório que leva o seu nome, a arquiteta Karin Moraes acredita que o arquiteto é destinado a desenhar espaços que ativem as emoções. São através deste pensamento que ela se dedica a desenvolver projetos de arquitetura de interiores residenciais urbanos, praianos e serranos, espaços na área da saúde e espaços comerciais, desenvolvendo também residências unifamiliares.

Deixe um comentário