08nov

3 projetos com madeira para você se inspirar

A madeira é um dos materiais mais democráticos quando o assunto é arquitetura de interiores. Pode ser utilizada em 100% dos ambientes, do banheiro ao jardim. A madeira está disponível em variedade muito vasta, e por isso se encaixa muito bem em diversos projetos. Algumas podem ser utilizadas em áreas externas, outras não suportam umidade, outras são muito rígidas ou flexíveis. O ideal é que cada projeto seja analisado por um especialista para que o uso da madeira seja ainda mais efetivo.

Como boa amante do uso desse material em interiores, separei três projetos com madeira, para que você se inspira na sua próxima reforma

 

1° Em destaque na sala

Esse projeto trás a madeira em muito destaque no painel da TV. É uma excelente opção para espaços pequenos e confere elegância à decoração.  Além de ser usado como suporte para TV, essa peça também ajuda a esconder possíveis fios e cabos.

 

2° Piso em madeira

Pisos em madeira proporcionam, além de beleza ao ambiente, conforto término e durabilidade. Também é um material muito simples de limpar, e é por isso que é uma das opções de pisos mais utilizadas atualmente.

 

3°  Ambiente externo

Seja na estrutura ou nos móveis, a madeira é um ótimo material para realçar ambientes externos. Esse tipo de ambiente pede uma madeira mais resistente e com ótimo acabamento. Por isso vale consultar um profissional para ter a certeza de que está fazendo a melhor escolha.

Aproveite as nossas dicas para deixar o seu projeto ainda mais incrível. Se precisar de uma ajuda profissional, não hesite em entrar em contato. Vai ser um prazer projetar as suas ideias!

 

Karin Morais

SOBRE O AUTOR

Karin Morais
A frente do escritório que leva o seu nome, a arquiteta Karin Moraes acredita que o arquiteto é destinado a desenhar espaços que ativem as emoções. São através deste pensamento que ela se dedica a desenvolver projetos de arquitetura de interiores residenciais urbanos, praianos e serranos, espaços na área da saúde e espaços comerciais, desenvolvendo também residências unifamiliares.

Deixe um comentário